Quem sou eu

Minha foto
Pedagoga, casada, 47 anos. Dizem que tenho dom de escritora, poetisa...mas tenho mesmo é paixão pela vida! Defendo aquilo que acredito ainda que para muitos, possa parecer loucura ou utopia. Abomino qualquer forma de preconceito, tenho defeitos como qualquer ser humano e qualidades inigualáveis. Sou romântica, sonhadora, corajosa e por vezes impulsiva! Tenho gana de viver e disposição para aprender. E em meio a tudo que já vivi, tiro conclusões positivas e esclarecedoras para escrever a minha história. Acredito sinceramente que quando queremos muito alguma coisa, o universo conspira a nosso favor! "Seja qual for o seu sonho - comece. Ousadia tem genialidade, poder e magia." (Goethe)... Resolvi criar este Blog para expressar melhor o meu mundo interior, minha visão sonhadora, realista e principalmente particular diante de assuntos diversos, sem me sentir dona da razão, até porque razão nunca foi o meu forte...Eu quero mesmo é ser feliz!!! :) Sejam todos muito bem-vindos ao "Mundo da Lú"!

domingo, 1 de maio de 2011

AYRTON SENNA DA SILVA

21.03.60 - 01.05.94

“Para ser honesto, não me sinto o maior ídolo brasileiro. Não me sinto uma pessoa tão importante assim para merecer uma festa durante uma noite toda no Brasil”.


21.03.2013 - Senna completaria hoje 53 anos de idade.

Eu me recordo perfeitamente do dia em que assisti perplexa ao cortejo fúnebre de Ayrton Senna rumo ao Cemitério do Morumbi, cruzando a Avenida Francisco Morato.  São Paulo literalmente parou em 4 de maio de 1994. Neste dia eu estava a caminho da casa do meu irmão e foi algo fora do normal, olhar as pessoas praticamente abandonando seus carros no meio da rua, outras descendo dos ônibus, todas em silêncio, olhando para o Caminhão de Bombeiros carregando o caixão do nosso ídolo da Fórmula 1. Acima  de nós só o barulho dos helicópteros sobrevoando o local...fora isso, um silêncio mórbido de pessoas que assim como eu custavam a entender tudo aquilo. Engraçado como a morte de alguém pode mexer tão profundamente com todos nós, a comoção foi real. Senna foi realmente um ser humano especial, aqueles que passam rapidamente pela vida deixando saudade, respeito e acima de tudo muita admiração...”Simplesmente o Melhor”!  (Lú)  


Ayrton Senna da Silva Nasceu em 21 de março de 1960, e morreu tragicamente  no dia 1º de maio de 1994, durante o GP de San Marino, em Ímola.

Este grande piloto brasileiro começou a correr ainda em sua infância. Mesmo enfrentando um diagnóstico médico que acusava problemas de coordenação motora, seu pai comprou um kart com 1 HP de potência e incentivou o filho a praticar nos finais de semana.


Paulistano nascido no tradicional bairro de Santana filho de um empresário brasileiro, logo se interessou por automóveis. Incentivado pelo pai, um entusiasta das competições automobilísticas, ganhou o seu primeiro kart, feito pelo próprio pai (Sr. Milton), aos quatro anos de idade, e que tinha um motor de máquina de cortar grama. A habilidade do garoto na condução do novo brinquedo impressionou a família. Aos nove anos, já conduzia jipes pelas estradas precárias dentro das propriedades rurais do pai.
Começou a competir oficialmente nas provas de kart aos treze anos. Depois de terminar como segundo colocado em várias ocasiões, em 1977 ganhou o Campeonato Sul-Americano de Kart e também em 1978 e 1980, o Brasileiro em 1977, 1978 e 1980. Faltaram para Senna as conquistas no Paulista e principalmente no Mundial. Ele sentia-se frustrado por não ter alcançado o título de melhor piloto do mundo; tentou quatro vezes, sendo vice em 1979 e 1980. Como ele dizia, é o primeiro lugar ou nada.
Em 1981 começou a competir na Europa, ganhando o campeonato inglês de Fórmula Ford 1600, pela equipe de Ralf Firman. Em 1982, foi campeão europeu e britânico de Fórmula Ford 2000, pela equipe de Dennis Rushen. Nessa época adotou o nome de solteira da mãe, Senna, pois Silva é um nome bastante comum no Brasil.
Em 1983, Senna ganhou o campeonato inglês de Fórmula 3, pela equipe de Dick Bennetts, depois de muita luta e da muitas vezes controversa batalha com Martin Brundle. Também triunfou no prestigioso Grande Prêmio de Macau pela Teddy Yip's Theodore Racing Team, diretamente relacionado à equipe que o conduziu à F3 britânica.
Neste último campeonato, após várias vitórias em Silverstone, a imprensa inglesa especializada chegou a chamar o circuito de Silvastone em homenagem a Ayrton.


LEIA MAIS:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Ayrton_Senna

http://www.abril.com.br/fotos/ayrton-senna/?ft=especial-album-senna1g.jpg

“Não importa o que você seja, quem você seja, ou que deseja na vida, a ousadia em ser diferente reflete na sua personalidade, no seu caráter, naquilo que você é. E é assim que as pessoas lembrarão de você um dia”

"A verdade é que todo mundo vai te machucar, você só tem que escolher por quem vale a pena sofrer." 


"Um dia a tristeza vai embora... Aprendemos a sorrir novamente... Fazemos novas amizades... E vemos que todo aquele sofrimento do passado, não valeu tanto a pena... Pois se a vida fez as coisas andarem dessa forma... Foi porque não era pra ser... Pois se era pra ser o que pensavamos que era, não teriamos tomado rumos diferentes... Teríamos continuado caminhando na mesma direção”


“Acidentes são inesperados e indesejados, mas fazem parte da vida. No momento em que você se senta num carro de corrida e está competindo para vencer, o segundo ou o terceiro lugar não satisfazem. Ou você se compromete com o objetivo da vitória ou não. Isso que dizer: ou você corre ou não”.

“O medo faz parte da vida da gente. Algumas pessoas não sabem como enfrentá-lo, outras - acho que estou entre elas - aprendem a conviver com ele e o encaram não como uma coisa negativa, mas como um sentimento de auto preservação. O medo me fascina”.

"Seja você quem for, seja qual for a posição social que você tenha na vida, a mais alta ou a mais baixa, tenha sempre como meta muita força, muita determinação e sempre faça tudo com muito amor e com muita fé em Deus, que um dia você chega lá. De alguma maneira você chega lá."


Sobre a morte:

“O fato de eu acreditar...O fato de eu ter fé e um Deus não quer dizer que eu seja imortal. 
Não quer dizer que eu seja imune eu tanto medo de me machucar quanto qualquer pessoa. O dia que chegar, chegou. Pode ser hoje ou daqui a 50 anos. A única coisa certa e que ela vai chegar”.




SIMPLY THE BEST




Um comentário: